Notícias

06Nov2014

REFORMA DO IRC PERMITE QUE MAIS DE 400 MIL EMPRESAS PAGUEM MENOS IMPOSTOS EM 2014

António José Seguro e Pedro Passos Coelho chegaram esta quarta-feira, 18 de Novembro, a acordo quanto à reforma do IRC. O Governo aceitou introduzir uma taxa intermédia de IRC para PME e agravar um pouco mais a sobretaxa de solidariedade paga pelas grandes empresas. Já o PS cedeu no chamado regime de “participation exemption”.

A reforma do IRC – que vai ser votada na especialidade esta quinta-feira e sujeita a votação final global na sexta-feira – foi um dos temas abordados no Conselho de Ministros de hoje. Paulo Núncio, secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, classificou o acordo como “muito importante” por permitir que Portugal venha a ter um sistema fiscal “estável” e “competitivo”.

  •  

Partilhar esta notícia